MEME | O QUE EU JOGUEI EM 2016

11:48:00 , , 0 Comments



Sim meus caros, 2016 foi um ano complicado e dificil, muitos ainda dizem que foi o pior ano de duas décadas. Se foram grandes artistas e todo esse problema politico nos deixa desanimado e cansados, mas não podemos nos dar por vencidos e continuar nossa rotina de amor, simbora jogar que os males espantam.

2016 foi um ano pouco movimentado para mim, (já que eu não fiz o meme do ano passado) mas 2015 tive a oportunidade de ir na casa do mano Marvox lá em sampa, lugar que eu nunca tinha ido antes, jogamos muito e conversamos muito sobre jogos. Obrigado pela força mano! Em breve tamo ae de novo.

Mas vamos ao que interessa, joguetes, video jogo, sas coisas que ainda é considerado coisa para criança (vai entender né!?). Como já disse lá em cima, 2016 foi muito pouco movimentado com relação a games, mas tive oportunidade de jogar alguns jogos que já havia jogado só por nostalgia.

Suikoden II | Playstation One



Quem acompanha o blog sabe que eu tenho um fetiche por esse jogo, que é um pouco underhated pela grande maioria dos jogadores, mas que faz parte do meu Top 3 quando o assunto é RPG. O enredo conta a história de um rapaz que depois de muita confisão unindo um exercito para enfrentar forças do mal. Só que nessa brincadeira você pode pegar mais de 100 personagens para se unir a seu exército. Já tirando essa gama no elenco, a história é algo surpreendente, claro que não é um livro escrito pelo Stephen King ou do Sparks, mas mostra ahistória de dois amigos que acabam tendo um destino totalmente diferente e acabam se afastando, mas a todo momento o personagem principal tenta "salvar" seu amigo. Bem complexo eu sei, mas vai por mim, vale a pena.

League of Legends



Me rendi a este jogo, um MOBA que está sendo jogado por milhares de pessoas ao redor do mundo que faz campeonatos a níveis olímpicos, é algo de se chamar a atenção.Comecei jogando por causa da casualidade do jogo (cada partida dura em torno de 40 minutos), não precisava ficar horas e horas upando para ser forte, basta ter técnica e conhecer o jogo, se caso você venha a criar uma conta do zero a única coisa que pode te atrapalhar é o fato de talvez seus main champs não estejam na free week,a nada que alguma partindinhas para pegar uma graninha e começar a arrumar. O que me cativou no jogo foi a questão da interação entre os players, o meu querido modo Coop. Fora que a comunidade (mesmo que muito cheio de trolls) é muito ativa e isso faz o jogo sempre ter novidades.

Street Fighter V




Tentei retornar ao ringues com indicações que havia visto no facebook, alguns amigos são seguidores fieis da série e eu sempre ficava vendo as postagem deles com prints e video de treinamento de combo e etc... Já tive minha época de contras, nunca fui um dos melhores, mas também nunca fui um do piores, eu acho, mas quis retornar com algo novo que durasse o suficiente para eu acompanhar o crescimento do jogo e adaí veio a oportunidade de comprar na promoção da Steam e peguei para minha pessoa este maravilindo game. Sempre tive mais facilidade com a movimentação de jogo dos Street fighters do que de outros jogos, então já vou falando que meu personagem principal é o Ken e shoryuken é vida. Como nunca fui de ser atualizado nos games, quase não tive chance de jogar online esse games de luta e SFV foi a minha primeira aquisição, de luta, que podia jogar com os amigos a distancia sem nenhuma dor de cabeça. Hoje me encontro dando umas jogadinhas na parte da noite, horário que hoje em dia estaria vendo televisão entediado. Salva o dia.

The Legend of Dragoon



Como se já não houvesse bastado voltar a jogar o Suikoden aqui temos mais um jogo que marcou a minha infância e em 2016 resolvi jogar novamente. Havia baixado um emulado no meu celular e instalei esses jogos, então ficava mais fácil de me concentrar jogando no ônibus do que parando uma hora do meu dia em casa para jogar. Bom, retornando ao jogo. Já me falaram que ele é um power ranger medieval. Cada personagem possui um poder dragão que se transforma em uma armadura que auxilia nas batalhas te dando mais resistência e mais força, fora o ataque especial. A história conta a luta de guerreiros em meio a tempos de guerra tendo que impedir o plano do inimigo mór dessa guerra. Me lembro que esse foi meu primeiro RPG na era Playstation, sou suspeito para falar que esse jogo é muito bom por que o fator nostalgia interfere muito, mas, que o jogo é grande é.

Saint Seiya: Soul of Soldier



Outro joguete de luta que resolvi adiquirir. Eu havia visto alguns gameplays na net e a fidelidade com o desenho me deixou curioso, inclusive com a dublagem original brasileira. Joguei o suficiente para liberar quase todos os personagens e a história é bem fiel também. Os especiais dos personagens são sensacionais, todos muito detalhados e saudosos.


Como falei, meu ano foi bem devagar com relação a games. mas está ai meu relato.

Categoria: Blogs/Sites

Arquivos do Woo ——————- Cyber Woo
Gamer Caduco ———————- Cadu
Gamerniaco ————————- Farnezi
MarvoxBrasil ———————– Marvox
Point Games Brasil —————- Willi Weiss
QG Master ————————– Marcos Vieira Machado
U-8Bits —————————— Ulisses
Vão Jogar ————————— sucodelarAngela
Vão Jogar ————————— João Roberto
Vão Jogar ————————— Tchulanguero
Vão Jogar ————————— Hugo “Somari” Couto
Videogames com Cerveja ——— Felipe B. Barbosa


Categoria: Canal

Jogatinas Saudáveis ————— Vigia
Jornada Gamer ——————– João Carlos “Usopp”


Categoria: Podcast

Retiro da Jogatina —————- Markinho

Leonardo Soler

Retrogamer nas horas vagas. Mantém o Game Genius desde 2010 onde a internet ainda não tinha nem luz eletrica. Fã dos Power Rangers (até o PR no espaço). E é complicado o que é melhor, Final Fantasy VI ou Chrono Trigger. Google