Almaverse: o pesadelo de Alma em F.E.A.R. 3

23:57:00 0 Comments

Novo vídeo do game dá mais detalhes sobre o enredo do terceiro título da franquia e mostra o lado ainda mais sombrio da mente de Alma


 
O novo trailer de F.E.A.R. 3, divulgado esta semana, mostra um lugar desconhecido até então pelos jogadores: o Almaverse. O obscuro local está dentro da atormentada mente de Alma. Esta parte da antagonista estava sob seu controle nos dois primeiros títulos da franquia.

Anteriormente, os jogadores puderam conhecer apenas as duas pequenas versões da Almaverse enquanto a personagem permitia. Entretanto, em F.E.A.R. 3, prestes a dar a luz, Alma está perdendo totalmente o controle de Almaverse, o que vai tornar a realidade em um grande pesadelo para quem se propor a encarar esse mistério.


No game, a antagonista Alma Wade está gerando uma criatura demoníaca e planeja uma cruel vingança contra a humanidade. O jogador assume o comando do veterano Point Man para embarcar nesse enredo de ação e terror.

F.E.A.R. 3 terá a consultoria de dois especialistas em terror, são eles: o cineasta veterano, John Carpenter, diretor de filmes como “O Enigma de Outro Mundo”, “Halloween” e “O Nevoeiro”. E do roteirista de HQs, Steve Niles, autor de “30 Dias de Noite”.


A grande novidade de F.E.A.R. 3 é que no modo cooperativo o segundo jogador controla Paxton Fettel. A criatura fantasmagórica tem poderes de telecinese e pode possuir o corpo dos adversários para controlar suas ações, o que promete uma experiência bem interessante na campanha do game.


Com o uso da ferramenta chamada Generative Scare System, a cada partida o momento e o local de aparição dos inimigos mudam e deixam o game imprevisível.

O lançamento do game está previsto o começo de 2011. F.E.A.R. 3 terá versões para PC, PlayStation 3, Xbox 360.

Leonardo Soler

Retrogamer nas horas vagas. Mantém o Game Genius desde 2010 onde a internet ainda não tinha nem luz eletrica. Fã dos Power Rangers (até o PR no espaço). E é complicado o que é melhor, Final Fantasy VI ou Chrono Trigger. Google