Demitidos pela Activision, criadores de ‘Call of duty’ anunciam parceria com a EA

18:22:00 0 Comments

Jason West e Vincent Zampella lançaram estúdio nesta segunda-feira.
Dupla foi afastada em março pela produtora, por 'ameaçar' futuro da série.

Os criadores da franquia de sucesso “Call of duty”, que foram demitidos da Activision Blizzard no mês passado, lançaram um novo estúdio nesta segunda-feira (12). Durante o lançamento do Respawn Entertainment, Jason West e Vince Zampella aproveitaram para anunciar uma parceria com a Electronic Arts, rival da Activision.

De acordo com o anúncio, o novo estúdio contará com uma equipe de “designers, artistas e engenheiros de nível internacional” para desenvolver games que terão “direitos de distribuição e publicação em todo o mundo” concedidos “exclusivamente” para a EA.

“Respawn Entertainment marca um novo começo para Jason e eu”, disse Zampella, em comunicado. “Durante a última década, lideramos uma grande equipe de desenvolvimento e demos nossa alma para criar uma franquia de jogo épico no formato de tiro em primeira pessoa. Hoje nós esperamos fazer tudo isso de novo – abrir um novo estúdio, contratar uma grande equipe, e criar novos jogos com um novo parceiro, a EA”, completou.

O lançamento do estúdio Respawn Entertainment, que ficará baseado em Encino, na Califórnia, vem um mês após a demissão da dupla da Activision.

Em ação na justiça norte-americana, a Activision Blizzard acusa os dois ex-executivos - diretores do estúdio Infinity Ward - de tentar prejudicar os ativos da companhia e de ameaçar o futuro da série “Call of duty”.

Segundo a ação, West e Zampella eram insubordinados e atuavam para interesse próprio, tendo negociado com concorrentes enquanto ainda estavam sob contrato, e teriam tentado impedir a Activision de conceder bônus aos funcionários da Infinity Ward para facilitar que estes fossem “roubados” quando os dois fundassem sua própria empresa.

A Activision também acusou West e Zampella de terem mantido “reféns” versões do jogo “Call of duty” para conseguir suas demandas. Os dois executivos também entraram com uma ação contra a antiga empregadora, buscando US$ 36 milhões em royalties e danos.

O sexto jogo da série, “Call of duty: modern warfare 2”, foi lançado no final do ano passado e vendeu quase 12 milhões de unidades nos Estados Unidos, Japão e Grã-Bretanha, ainda em 2009. O game estabeleceu o recorde de mais vendido no dia de lançamento, com 4,7 milhões de cópias e estimados US$ 310 milhões.
Após a demissão dos dois executivos, a Activision criou uma nova unidade para a série “Call of duty”. Um novo jogo será lançado no segundo semestre deste ano.

Anthony Rafael

Retrogamer nas horas vagas. Mantém o Game Genius desde 2010 onde a internet ainda não tinha nem luz eletrica. Fã dos Power Rangers (até o PR no espaço). E é complicado o que é melhor, Final Fantasy VI ou Chrono Trigger. Google